NOTÍCIAS DA CBT

 

Copa das Federações e Brasileirão incentivam prática do Tennis Kids

Competições reúnem mais de 170 crianças de 17 Estados em Uberlândia (MG)


Uberlândia (MG), 21 de julho de 2019 – O Campeonato Brasileiro 2019 (Brasileirão) e a Copa das Federações reúnem alguns dos principais atletas do país nas categorias infantojuvenis, mas o evento - que acontece no Praia Clube, em Uberlândia (MG) - também promove outra importante ação com foco no futuro da modalidade: a iniciação por meio do Tennis Kids.
A realização de torneio de Tennis Kids é uma das iniciativas da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) para promover a iniciação no esporte, mas a CBT também frisa a importância de que a participação das crianças seja sempre feita de forma a incentivar o amor pela modalidade nas famílias, e que o resultado dentro das quadras não seja mais relevante do que o aprendizado e a formação dos jovens atletas em pessoas.
Por isso, no dia 24 de julho, dentro da programação do Brasileirão em Uberlândia, a CBT promoverá a palestra com a psicóloga do esporte Carla di Pierro, voltada para os pais de jogadores e com a temática: "Ser pai e mãe de tenista: como participar da vida esportiva do seu filho otimizando o seu desenvolvimento".
"A ideia é fazer com que as crianças peguem gosto pelo esporte, pelo tênis e pelos valores que temos na modalidade. Esse é o grande caminho: por meio do respeito, da tradição, do companheirismo e da honestidade. São coisas que eles vão levar para o resto da vida. Ganhar ou perder faz parte, mas o importante é que estejam em quadra se divertindo ", destaca Eduardo Frick, gerente de esportes e eventos da CBT.
A partir deste domingo, as crianças das categorias 9 e 10 anos começaram a entrar em quadra para a disputa da Copa das Federações. Embora a participação não conte pontos para a definição do campeão geral do torneio, a atuação dos pequenos tem ingredientes de grandes partidas, incluindo a participação da torcida nas arquibancadas. São 69 atletas mirins que participam da Copa das Federações, de sete Estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo. Depois, no Brasileirão (de 25 a 28 de julho) são 178 inscritos de 17 Estados: além dos sete presentes na Copa das Federações, competirão atletas de Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e Tocantins.
"O mais importante, nesta fase, é ver a criança sorrir, ver a criança feliz, tirando o peso da competição. Ela tem que gostar de jogar, tirando o que é negativo. Se errar ao arriscar, não tem problema algum, pois, neste momento, é muito mais importante aprender tênis do que propriamente ganhar o jogo. O Tennis Kids tem um papel fundamental no planejamento da formação de jogador", destaca o treinador Eduardo Marcolin, o Duda, que tem 35 anos de experiência com a formação de atletas.
Para os pais que incentivam a participação dos filhos no tênis, o esporte tem outro ponto muito importante: além de propiciar uma vida mais saudável, ajuda na transição das crianças para a adolescência e, posteriormente, para a vida adulta.
"Esse momento é muito importante para a gente estar junto com eles, formando nossos filhos como pessoas, como lutadores. Lá em casa, a regra é que ganhar ou perder é detalhe, o importante é sempre se dedicar e viver bem. A vitória é sempre boa, mas a derrota também ensina que é importante aprender a cada jogo e sempre lutar até o fim, nunca desistir", afirma Fernando Moura, de Natal (RN), pai de uma família com três jovens atletas.
O Tennis Kids é disputado por crianças de 8 a 11 anos (na Copa das Federações são disputada somente as categorias 9 e 10 anos). Nas categorias 8 e 9, os jogos são em quadra reduzida, com a utilização da bola laranja (50% mais lenta que a bola tradicional). Na categoria 10, a quadra é normal, com a bola verde (25%) mais lenta. A partir dos 11 anos, os atletas já competem na quadra com o tamanho original e com a bola amarela.

 

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio da Wilson e Peugeot. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

 


HOME